Como toda compulsiva que se preza, quando começo uma coisa e gosto não consigo mais parar. Mesmo quando não gosto, no final dá no mesmo.

Os números em minha vida comprovam que esse negócio de ser compulsiva dá um trabalho danado! Senão vejamos:

  • Sou casada e tenho 4 ex-maridos, isso implica em 5 sogras e já que sogra é um vínculo indissolúvel…
  • Tenho 5 filhos, o que não é muito comum nos dias de hoje.
  • Tenho mais de 70 blogs, que costumo atualizar com freqüencia, com assuntos sérios e outros nem tanto…
  • Tenho perfis em tudo quanto é site. Em alguns não tenho – mas porque ainda não conheço.
  • Durante mais de 20 anos mantive correspondência com cerca de 140 pessoas em mais de 90 países. Morava em uma cidade pequena e recebia mais cartas que a maioria das empresas de lá – juntas!
  • Parei de colecionar postais porque já não cabiam em lugar nenhum em casa.
  • Gosto de gatos e já cheguei a ter 23 de uma vez.
  • Também gosto de cachorros, já tive 8 de uma vez só.
  • Falo 6 idiomas além do português.
  • Perdi a conta dos namorados que tive.
  • Fiquei noiva 6 vezes antes de me casar pela primeira vez.
  • Desmanchei 2 casamentos que estavam já marcados no cartório.
  • Tive uma fase de gostar de plantas, tinha cerca de 200 vasos.
  • Quando mudei de Pacaembu para Diadema descobri que tinha 60 calças compridas.
  • E 80 blusas.
  • Já cheguei a ter 120 anéis. Onde eu punha todos? Boa pergunta…

Parece que isso é exibicionismo, mas não é. Simples constatação de algum distúrbio, sei lá. Mas de qualquer forma, por mais trabalho que possa dar, gosto de ser assim.

(zailda coirano)

Anúncios