compulsivaEssa vida de compulsiva é engraçada, se a gente não fica se policiando o tempo todo, quando vai ver já fez besteira. A vida de compulsiva é como dançar bolero: damos dois passos pra lá, dois pra cá. A gente acha que parou com a mania, quando se dá conta já inventou outra.

Eu passei 6 meses sem comprar nenhum celular, mas foi só relaxar achando que não tinha mais problema, fui me enganando enquanto inventava desculpas e bons motivos e entrei no mês de dezembro com 4 celulares. Como 2 deles são de 2 chips, sou a feliz possuidora de 6 linhas de celular, fora o fixo.

Meu marido (que aliás é o quinto) acha exagero, então dei um pra ele. Estou agora pensando em como me livrar dos outros 3 (que são praticamente novos) para comprar um novo, de duas linhas, uma gracinha.

Aí eu fico desconfiando de mim mesma: será que estou caminhando rumo à “cura” ou estou simplesmente arrumando um jeito de comprar mais um celular? Se eu não ficar com os outros 3, será que conta a meu favor ou contra mim?

Zailda Coirano

Website ǀ SOS Idiomas ǀ Facebook ǀ Twitter ǀ Web rádio (em breve)

Anúncios